26 novembro 2007

Devido aos últimos acontecimentos, estive sem inspiração e vontade de escrever ou postar qualquer coisa.
Atendendo pedidos dos meus amigos, fiz um vídeo para guardarmos apenas as boas lembranças de tudo que passou.

A vida nos ensina a guardarmos apenas as boas recordações..... Então aproveito para agradecer a BRA, pois fui muito feliz nesses anos que fiz parte dessa equipe.


video

15 novembro 2007

Novas Oportunidades em 2008

Amigos,

Ja falamos aqui algumas vezes que um dos melhores e mais sérios sites de aviação é o JETSITE.

Chamou-me a atenção o segundo tópico da coluna NOTAM desta semana (link http://www.jetsite.com.br/2006/notam.asp ) o qual peço licença para reproduzi-lo na íntegra:

AIRBUS: O GRANDE SUSPENSE
Num ano carregado de fortes emoções, no próximo dia 21/11, em almoço a ser realizado em São Paulo, Rafael Alonso, o poderoso VP de vendas da Airbus, vem ao Brasil para anunciar um novo e importante contrato da companhia com uma empresa aérea brasileira. A imaginação voa alto: TAM com o A380? Varig com uma nova frota de A330/A350? OceanAir / Avianca com alguma novidade, além dos A320 e A330-200 encomendados? Que tal algo mais radical, como a própria Gol embarcando nas asas dos A330 ou A350 em mercados de longo curso? Ou quem sabe uma frota nova para a Webjet, adquirida sem muito alarde pela CVC, que entraria na briga para valer, com uma frota de jatos da família A320? Gentlemen, façam suas apostas (Gianfranco Beting).


Mas voltando: Numa época em que o Brasil esta em evidência internacional por tanta coisa ruim na Aviacao Civil (Acidentes, Caos nos Aeroportos, CPIs, Falência de congeneres...), toda e qualquer noticia que eleve a moral dos aviadores brasileiros deverá ser comemorada!

E que esse tão esperado anúncio seja revertido em muitas (muitas mesmo) oportunidades de emprego para todos que trabalham (e que virão a trabalhar) na indústria: Pilotos, Comissários de Bordo, Mecânicos, equipes de terra, vendas, etc!

Abraços!

TéoM

25 outubro 2007

Finalmente decola.....

No aniversário de 101 anos da decolagem do 14 Bis, o novo Gigante A 380 faz seu primeiro vôo.

Confira clicando Aqui
Dia 23 de Outubro - Dia do Aviador


No dia 23 de outubro comemoramos o Dia do Aviador porque foi nesta data no ano de 1906 que Santos Dumont, o grande inventor brasileiros levantou vôo com o seu "14 Bis". Foi o primeiro vôo de um aparelho mais pesado que o ar. Era o princípio da aviação...

Parabéns a todos que fazem do céu sua morada!!!!

30 setembro 2007


E tem gente que reclama das empresas de Baixo Custo no Brasil.....

video

Coisas de pernoite internacional....

A tripulação chega em Milão, mais precisamente, Somma Lombardo, cheia de fome, aproveita que a recepcionista do Hotel oferece o transporte para nos levar a um restaurante e lá vamos nós.
Entramos todos os onze na Van...
Pequeno detalhe: ninguém nesta tripulação falava italiano. Todos falavam inglês, tinha gente que falava alemão, espanhol, francês, mas parava por aí.
Outro detalhe: o motorista da Van era indiano e mal falava o italiano direito.
Mais um detalhe: Estávamos indo a um restaurante Chinês comer pizza, NA ITÁLIA!!!!!!!


Segue alguns trechos do diálogo:
- Será que se a gente cantar Solitude ele entende?
- Cara, nós estamos tentando comer pizza num restaurante chinês, é isso??
- Estamos voltando de novo, OLHA O POSTE!!!
- Chegada com emoção, olha como esse cara dirige.
- Amigo, Chinese. El Gigante.
- Cala a boca senão ele leva a gente pro mercado.
- Mas é perto do Gigante
- Alguém sabe como se fala igreja em Italiano?
- Duommo
- Você quer ir pra Milão palhaço?
- Gente, é perto do Castelo. Fala Gellato do Castelo.
- Cala a boca, é na praça.
- Dietro my friend. É assim que fala direita?
- Acho que é.
- Não seria destra?
- São 22h00 local. Será que a gente chega até o almoço?
- Tô ficando enjoada, esse cara corre muito. OLHA A CURVA***(pííí)
- Sinistra, sinistra.
- Tá louca mulher?
- Isso é esquerda.


De repente uma curva brusca para a esquerda e uma freada digna de filmes de ação.
- CHEGAMOS. Olha a cara da fulana, tá branca.
- Ainda não acredito que estou na Itália entrando num restaurante Chinês pra comer pizza...

19 setembro 2007

Infelizmente não consegui descobrir quem foi o autor deste vídeo, mas desde já dou os Parabéns pela criatividade.
Divirtam-se!!!!!
Comandante Souza

17 setembro 2007

a questão do INGLÊS

Amigos,

Em primeiro lugar, quero registrar que é uma honra e alegria postar aqui no site.

E como primeiro post, acho importante abordar a questão do INGLÊS que sempre foi e sempre será eterna, principalmente para os aeronautas!

Para começar, voltemos ao passado: Fomos colonizados por Portugal e por isso só falamos português. Na verdade, como toda língua viva, desenvolvemos uma variante que é conhecida por "Português Brasileiro". Todo o restante da América do Sul fala espanhol [lembra daquela aula de História, que um dia, alguma professora falou sobre o "Tratado de Tordesilhas" ?!?]. Entao, se fossemos colonizados pela Inglaterra talvez seríamos hoje uma Austrália ou Nova Zelândia... Enfim... Todas as Empresas [e Cias Aéreas também] estão atentas a tudo isso e sabem que o diferencial da fluência num idioma estrangeiro parte do esforço individual de cada um, de cada candidato. Ter fluência em Inglês [ou outro idioma estrangeiro] pode ser [e é] um grande diferencial e faz com que o candidato ganhe muitos pontos. Mas se ele/ela não for aprovado/a nas demais etapas do processo seletivo [entrevistas, dinâmica/psicotécnico, exame médico, entrevista final] será reprovado/a. Vale ressaltar que as etapas mencionadas poderão ser realizadas na língua portuguesa... Depois de passar por todas essas etapas e conseguir o tão sonhado emprego, o empregado poderá ser desligado da empresa [ou seja, demitido] se não se comportar adequadamente.

O segredo de dominar uma língua é estudar sempre! Nunca parar! Além de aulas particulares ou ensino nas tradicionais escolas, os seriados na TV paga, livros e principalmente a internet são excelentes ferramentas. Você sabia que há sites que ensinam e fornecem dicas em vários idiomas [e de maneira gratuita, inclusive ???]. Cabe a cada um ter dedicação e persistência. Um exemplo de site de ensino gratuito e universal do Inglês é o da BBC Brasil: http://www.bbc.co.uk/portuguese/learningenglish/ . Eles pegam o conteúdo jornalistico da BBC [ou seja, atualidades] e colocam aquela "pitada de didática" [com vocabulários, sons, fotos e explicações]. Mas eu lembro que "estudar por conta" deve ser complementado pela orientação de um profissional [escola ou professor particular]. Abraço e boa sorte a todos!

TéoMariano

20 agosto 2007

Já comentei várias vezes aqui, que na minha opinião, o melhor site de aviação braileiro é o Jetsite.

Segue abaixo editorial do Gianfranco Beting -JetSite enviado pelo Teo Mariano

Editorial: Anjos e Abutres

Recebi hoje, 07/08/2007, uma mensagem de um leitor, que vamos aqui identificar apenas por seu primeiro nome, Waldemar. Sua análise e seu questionamento nos pareceram tão lúcidas, que achamos merecedoras de um editorial.

A mensagem:Gianfranco, bom dia! (se for possível...) Hoje pela manhã, ouvi uma reportagem na rádio CBN, com parentes de vítimas do Airbus da TAM, em que reivindicavam plano de saúde vitalício, para parentes tais como irmãos, avós, sobrinhos, etc...; pediam, também, que fossem feitos adiantamentos pecuniários, mas que não podem ser descontados do valor das indenizações, e por aí afora. Peço tua ajuda (afinal leio teus artigos e vejo tuas fotos nas revistas nacionais e estrangeiras, leio o teu site, e te respeito pelo conhecimento, ponderação e integridade nos trabalhos, parecendo que nos conhecemos e somos amigos de longa data): eu enlouqueci de vez, ou morrer de acidente aéreo - envolvendo empresa aérea de grande porte - é o melhor negócio do Brasil? Quando você tem mortes provocadas por acidentes rodoviários (dizem que chega a 40.000 as mortes anuais), ou ferroviários, ou náuticos, ou por balas perdidas, ou em uma troca de tiros entre policiais e bandidos, ou qualquer outra maneira de morrer nesta bagunça chamada de "país", se tem direito a receber indenizações nos valores exigidos, ou convênio médico vitalício, ou assistência psicológica permanente, ou ajuda para todos os procedimentos burocráticos envolvidos? Estou errado, ou será que, pela visibilidade na mídia, aparecem grupos de "abutres de tragédias" prontos para tirarem o que for possível, de quem que seja ( é claro que uma "pequena" parte ficará com êles, pelo "esforço"). Nunca, nenhum valor irá ressarcir a perda de um ente amado, mas aproveitar a situação para "levar vantagem" também é demais. Todo dia aparece uma notinha falando que alguns parentes de vítimas de acidentes que aconteceram há 10, 15 ou 30 anos ainda não foram indenizados; mas não contam o porquê. Será apenas má vontade e insensibilidade das empresas aéreas? Desculpe o desabafo, porém a cada dia é mais irritante ser brasileiro. Obrigado pelo site.

Nossa resposta: Perfeitas as suas colocações, meu caro Waldemar. Olha, suas perguntas são delicadíssimas, como tudo que diz respeito à tragédia do vôo 3054. Mas, permita-me fazer algumas considerações antes de responder às suas perguntas. Nosso papel tem tentado ser o mais informativo e equânime em relação à tragédia do vôo 3054. Eu conhecia pessoas que estavam a bordo. Pessoalmente, fui também atingido pelo desastre. Como já estudei esse assunto, vivenciei esse drama como diretor de companhia aérea, comparto e respeito o luto, a dor de todos os envolvidos. Nosso papel, como veículo de comunicação, não é outro senão trazer à público informações que, no nosso entendimento podem, de alguma maneira, esclarecer, contribuir, iluminar os caminhos de passageiros, usuários e aficionados pela aviação em geral. Envolvidos ou não com a tragédia. Repare que não publicamos nenhuma linha sobre as transcrições das caixas pretas. Só o fazemos quando se trata de acidentes cujas conclusões estão tomadas e todos os fatores analisados. Ainda não é o caso do TAM 402, Gol 1907 e TAM 3054, apenas para citar alguns.Não estamos aqui para apontar culpados, para divulgar fatos sem comprovação, para publicar informações "antes" dos concorrentes, como alguns veículos da imprensa andaram fazendo, no nosso entender, de forma irresponsável. Estamos aqui para esclarecer, sem induzir. Informar, sem omitir. Para ajudar, sem julgar. Sabemos, por dever de ofício, de muitas coisas que não publicamos. Segundo nossa análise, são informações que não ajudarão se divulgadas. Que poderão não ser bem compreendidas ou interpretadas. Ou que, simplesmente, carecem de apuração mais detalhada ou aprofundada. Dentre essas coisas que optamos até agora em não revelar, estão de fato, os abusos nas reivindicações de alguns parentes e amigos das vítimas de acidentes aéreos. Com 199 mortes, o vôo 3054 deixa como triste legado milhares de pessoas diretamente envolvidas. Parentes e amigos, gente de vários lugares no Brasil e até no mundo, de todos os extratos sociais, níveis de educação, idades. Claro que é impossível, num caso assim, generalizar. Há um pouco de tudo: pessoas sem forças para reivindicar o mínimo, destruídas emocionalmente pela tragédia; pessoas que transformaram a dor e o luto em bandeiras de justas reivindicações; pessoas que, pelo abalo sofrido, parecem ter perdido em parte a lucidez. E há, sim, dentre essas milhares de pessoas, aquelas que simplesmente valem-se da desgraça para buscar ganhar, de alguma maneira, com a situação.No caso do vôo 3054, por exemplo, tivemos acesso a informações que nos deixaram perplexos. Essas informações mostram que, dentre as milhares de pessoas diretamente envolvidas pela tragédia, há aquelas que estão de fato abusando claramente da empresa aérea, de maneiras que beiram o inacreditável. Alguns exemplos: a TAM recebeu e pagou uma nota de compra, de mais de R$ 5.000,00, apresentada por um parente de uma das vítimas. A nota era referente à aquisição de três calças jeans da marca Diesel; outro caso é de uma família que reivindica assistência médica vitalícia a todos os parentes de um dos passageiros do vôo 3054, inclusive primos de segundo grau; há ainda o caso de uma família que exige que a TAM reforme sua casa - no Rio Grande do Sul! Há vários outros casos que chamam muita atenção pelas reivindicações abusivas e injustificáveis. Em respeito à TAM e aos mortos no acidente, optamos por não divulgar esses fatos. A TAM, ainda que nada esteja provado em relação aos fatores causadores da tragédia, optou por sofrer calada, acedendo à demandas claramente abusivas. E, numa decisão tão corajosa quanto respeitosa, optou por não se defender publicamente, optando por não publicar tudo o que tem feito em prol das famílias e amigos dos ocupantes do vôo 3054. É bom notar que a imprensa, de forma geral, não tem mostrado tudo o que a TAM tem feito. Aliás, de forma geral, prefere retratar a TAM e demais congêneres como empresas gananciosas, que colocam o lucro em primeiro lugar, em detrimento da segurança de passageiros e tripulantes e usuários. Afinal, notícias ruins são as boas notícias. De todo esse quadro lamentável, concluo dizendo o seguinte: tenho a mesma opinião que você, Waldemar. No dia 17 de julho, os céus brasileiros ganharam 199 anjos. O que diriam eles, vendo semelhante miséria humana, protagonizada por esses tristes abutres?

Gianfranco Beting 07/08/07

03 agosto 2007

Na última semana o assunto entre tripulantes tem sido o acidente da TAM e até outros acidentes.
Num bate papo com um grande amigo e chefe de equipe estávamos relembrando como foram nossos treinamentos de selva, marinharia, combate ao fogo entre outros. Nós falamos sobre o rigor desses treinamentos, do quanto nós estudamos, acabamos citando também aquele acidente da Varig com o cmte Garcez que caiu na selva e o Alex fez um comentário que nos deixou pensativos, até tristes e eu pedi a ele para compartilhar com vocês:
- Infelizmente todas as oportunidades que teríamos (os comissários no geral) de mostrar para que somos preparados e poder colocar em prática o que estudamos, não sobreviveu ninguém...

Já escrevi diversas vezes aqui que segundo estatísticas, em um ano, morrem mais pessoas em acidentes automobilísticos do que em acidentes aéreos. Esses últimos chamam a atenção porque em cada um, o número de vítimas é muito grande.
As pessoas não precisam ficar com medo de voar. O avião continua sendo um dos meios de transporte mais seguros. Nós precisamos apenas cobrar mais rigor das autoridades na questão da Segurança de Vôo.
Ninguém pode afirmar com convicção qual foi a causa do acidente da TAM. Mesmo porque um acidente nunca é constituído de uma causa isolada, mas por um conjunto de fatores que só a investigação competente poderá afirmar.

AVISO!!!

Mais uma vez oportunistas e pessoas de má fé, estão distribuindo emails pela internet com textos e fotos falsas do acidente contendo VIRUS.
Fiquem atentos!!!

18 julho 2007

Até quando?????

Ano passado com a aquaplanagem do Boeing da BRA, ficou resolvido que certos modelos de aeronaves não iriam mais operar em Congonhas. Pouco tempo depois, tudo estava liberado.
Iniciaram as obras em Congonhas. Esperança de melhoras. A pista é entregue sem o grooving*.
Na segunda, dia 16, mais um aviso: ATR da Pantanal derrapa em Congonhas.
Moradores da região já estudavam maneira de fechar aeroporto por medo de acidentes. Reportagem exibida no Fantástico.

Se eu for ficar citando aqui todos os avisos de outro grande acidente no aeroporto de Congonhas, vocês vão se cansar de tanto ler.
Até quando esse aeroporto vai funcionar? Não seria a hora dos passageiros começarem a comprar passagens apenas por Guarulhos, numa éspecie de boicote em prol da segurança de todos nós? (tripulantes, passageiros e moradores da região)
Você prefere a comodidade de pousar no centro de São Paulo mesmo com a incerteza de chegar bem????

É mais um momento de comoção para nós que vivemos no ar. Mais um momento de indignação ao vermos que nossas vidas não significam nada para as autoridades do setor.
O que mais será preciso acontecer para que alguém preste atenção na Segurança Aérea deste país????






* Grooving, ou ranhuramento, é a única maneira eficaz para se evitar a aquaplanagem em situações de pousos em pistas molhadas. Seja em pistas construídas em pavimento rígido (concreto) ou flexível (asfalto), o ranhuramento aumenta o coeficiente de atrito proporcionando maior área de contato não encharcado. Além disso, agiliza o escoamento da água para as laterais da pista.
Esse trabalho resulta em pistas mais seguras, exigindo menor extensão para os pousos, ou em contrapartida, permitindo a aterrissagem de aeronaves maiores.

22 maio 2007

MOMENTO CURIOSIDADES...

Você sabe como funciona a turbina de um avião?

Clique aqui e veja a animação.


Esses passarinhos fazem cada estrago....

Clique aqui e assista o que aconteceu com um Boeing 757.

23 abril 2007

Este vídeo foi feito pelo copiloto Victor Friedrich.
Um dia de trabalho na TRIP Linhas Aéreas, Natal - Fernando de Noronha.
Sensacional!!!!

21 abril 2007

Air Race

Para os apaixonados por Acrobacia Aérea como eu, está rolando no Rio de Janeiro a Air Race.
O SporTV vai transmitir a etapa brasileira do Mundial de corrida aérea, ao vivo, a partir das 13h deste sábado (21/04)
Segue abaixo um vídeo com os melhores momentos das eliminatórias e o link com a matéria completa sobre o evento.

Neste vídeo e em toda a cobertura da Sport Tv os comentários são de uma fera da acrobacia, um piloto que hoje voa na minha empresa, Leandro Di Giovanni. Show!!!!




Clique aqui e leia a matéria completa na Globo.

20 abril 2007

Participando do Post Comunitário da Micha.
O tema é: Coloque uma imagem qualquer e os visitantes escrevem nos comentários: O QUE VOCÊ VÊ NA FOTO.


Comissários acusados de racismo vão depor no Brasil

Leia a matéria na íntegra clicando aqui


Passageiros racistas não deveriam ser punidos??

Em hipótese alguma estou defendendo os comissários citados na matéria, eles erraram feio, foram racistas sim e devem responder por isso.
Agora e se um passageiro comete uma agressão verbal, não deveriam ser punidos também?
Todos estão acompanhando o Apagão Aéreo, vôos atrasados, caos em aeroportos... Vamos combinar que os que tem acesso a um mínimo de informações tem a conciência de que não é culpa das empresas e, muito menos dos comissários.
Como comissária também fico incomodada, pois o meu período de descanso é prejudicado por tudo isso. Para os passageiros também é um transtorno.
Entedemos perfeitamente que dormir no saguão de um aeroporto não é nada agradável, perder compromissos ou horas de lazer também não é. Mas descontar nos tripulantes é correto? Vai resolver a crise em que se encontra nosso setor aéreo?

Para relaxar...
Clique aqui e assista o quadro do Fantástico Super Sincero, onde Luis Fernando Guimarães interpreta um comissário Super Sincero.

27 março 2007

Recordar é viver!!!!

Um clássico da aviação - Electra
Segue o vídeo com a reportagem sobre o último vôo deste avião.
Enviado pelo Cmro. Paulo Morgado. Obrigada chefinho!!!

Eu voei no Electra (como passageira) e vocês???? Contem suas experiências nos comentários.

24 março 2007

Este vídeo é SENSACIONAL!!!
Trata-se de um vôo de Boston a Paris mostrando a rotina de um piloto internacional.

Enviado por: Cmte Boni. Obrigada!!!

07 março 2007

Encontrei uma matéria fantástica feita por Daniel Nunes Gonçalves, sobre o Acidente da GOL na Revista Super Interessante.
Clique aqui e confira.

Para os que perderam segue uma matéria de SHAONNY TAKAIAMA sobre meu livro publicada no jornal Estadão.
Clique aqui e divirta-se

05 fevereiro 2007

Anesia Pinheiro Machado - Primeira Aviadora


DATA DE NASCIMENTO - 05 de junho de 1902
LOCAL - Itapetininga - São Paulo.
Data de Falecimento - 10 de maio de 1999
A urna contendo as suas cinzas estão guardadas no Museu do Cabangú, na cidade de Santos Dumont-MG.

Primeira mulher que voou só, no Brasil.
Pioneira da aviação feminina e da aviação civil no Brasil.





Aviadora brasileira completa vôo de 17 mil kilometros sobre as Américas – 17 de fevereiro de 1951. Avião no qual aos 47 anos de idade, concretizou uma velha aspiração. Abrir a rota do Pacífico para os aviões monomotores.

Separe alguns minutos, Clique aqui e conheça a história dessa grande aviadora.

24 janeiro 2007

Esta foto foi tirada por mim de dentro do 767-300, procedimento de descida para Aeroporto de Malpensa, Milão Itália. Alpes Suíços.

19 janeiro 2007

Enviado por Teo Mariano

Tragédia da Gol vira documentário do Discovery Channel
por LEILA SUWWAN
da Folha de S.Paulo, em Brasília

FONTE: FOLHA ONLINE



O Discovery Channel começa nesta semana as filmagens para o documentário "Collision Over the Amazon" (Colisão sobre a Amazônia), que irá explorar o maior desastre aéreo da história do Brasil --a colisão do jato Legacy com o vôo 1907 da Gol no dia 29 de setembro-- e o "cenário difícil e fascinante" que surgiu depois, com o apagão aéreo vivido pelo país.

O programa deve ir ao ar entre julho e outubro, e deve ser transmitido em
outros países da América Latina e nos Estados Unidos. O projeto está a cargo do produtor e diretor independente Alan Tomlinson.

Na visão de Tomlinson, o aspecto trágico do acidente tem forte apelo
emocional: as 154 pessoas a bordo do Boeing morreram, mas os sete a bordo do jatinho sobreviveram a uma colisão considerada quase impossível de acontecer.

Mas igualmente interessante, para ele, é o "mundo desconhecido" da aviação que foi desvendando em etapas a partir da colisão, composto de radares, transponders, radiofrequências e controladores de tráfego aéreo. Além do ângulo tecnológico e científico, Tomlinson quer mostrar os desdobramentos políticos do acidente, como o funcionamento e a crise do controle aéreo.

"A Discovery tem boa reputação de independência e temos tido cooperação. Mas não vamos contornar os aspectos políticos. Como poderíamos? As repercussões políticas foram consideráveis", disse Tomlinson à Folha por telefone.

Ele está finalizando o cronograma e pretende desembarcar em Brasília na
próxima semana para começar a filmar, com equipe local. Irão entrevistar
autoridades, familiares das vítimas, especialistas, sobreviventes, as
empresas aéreas e controladores de tráfego.

Porém a produção do documentário sobre o vôo 1907 insiste que não terá
aspectos "investigativos" nem irá tirar "conclusões". Ambas investigações da Aeronáutica (com finalidade preventiva) e da Polícia Federal (inquérito
criminal) ainda estão em curso.

"É uma colisão tão inusual, tão rara, que despertou a curiosidade do mundo inteiro sobre a segurança de vôo. As pessoas entram nos aviões sem nunca pensar sobre isso", disse.

A colisão ocorreu por uma sucessão de erros ou falhas: ambos aviões voavam na mesma altitude em sentidos opostos, o transponder e o sistema anticolisão do jato não estava operante e o controle de tráfego aéreo não avistou ou alertou os pilotos para o risco.

Em um documentário anterior, para a mesma série "Discovery Hoje" do canal, Tomlinson contou o caso do acidente de mineração no México que deixou 65 mortos. "Além de revelar detalhes do mundo da mineração, queríamos mostrar como o episódio poderia ter sido diferente", disse.

Segundo ele, o Discovery Channel está investindo na produção de
documentários locais na América Latina para evitar apenas a retransmissão de programas feitos para o público americano.

06 janeiro 2007

Vídeo apresentado durante a seleção da Emirates.
Aos que irão participar da próxima... Boa Sorte!!!!

02 janeiro 2007

2007!!! Um novo ano, novas esperanças....

E por aqui já começam as novidades.
Apresento a vocês um dos novos integrantes do Blog. Num breve bate papo, ele se apresenta a vocês.
Enquanto o site não vai ao ar, as novidades vão estar correndo soltas por aqui.

Com vocês:

Teo Mariano

Idade: 29 anos

Cidade/UF: Sao Paulo/SP

Onde e quando fez o curso de Comissário:
Aeroclube de SP - Campo de Marte/Santana (banca DAC Ago/03)

Por que aviação?
Acho que está no meu sangue. Voar é minha paixão.

Quando entrou numa empresa aérea?
Em Jan/2006

Como foi seu primeiro vôo?
Emocionante. A hora que o avião "rodou" (nariz em cima, rodas fora do chão) cheguei a chorar.
Foi dia 04/jan/06 na rota SP - Juazeiro do Norte - Petrolina - SP. Aeronave PR-BRY Boeing B737-300. Fui de 2RA(galley) e meu instrutor começou falando de emergência juntamente com a
instruçao de galley. E já nesse 1o vôo falou para eu fazer o serviço de bordo. Tremia como uma vara-verde... Mas depois da terceira fileira já me acalmei e peguei o ritmo...

O que pensava da aviação antes de voar e o que pensa hoje?
Pensava que a aviação era um "mundo encantado" onde se conhecia lugares, viajava todo dia de avião, etc...
Depois que entrei, percebi que antes do pernoite em hotéis
maravilhosos (e outros nem tão maravilhosos assim...) trabalha-se muito. As vezes com 5 pousos, etapas curtas, bebidas, lanches, serve, recolhe, pousa... É uma profissão mágica, onde temos a oportunidade de conhecer pessoas maravilhosas e fazer grandes amigos. Mas acredito que o grande segredo é "saber separar as coisas". Hora de trabalhar, é de trabalhar. E é ai que sabemos diferenciar quem á Comissário de Bordo dos que são Bandejeiros...

Que mensagem você deixa para quem quer ingressar na profissão?
Nunca desista de seus objetivos. A oportunidade aparece quando tem que aparecer.
Nao fique triste se voce não passou na 1a-2a banca. Na 1a ou 2a Empresa. As vezes, numa empresa menor, você irá crescer bem mais do que uma grande, já consolidada.